torcicolo

Torcicolo: O que é e qual seu tratamento?

O torcicolo é um espasmo muscular na região do pescoço, que faz com que a cabeça se incline para um único lado, enquanto o queixo fica virado para o lado oposto. Esse problema acontece quando os músculos da região cervical se contraem.

Essa contração faz com que o pescoço fique enrijecido, causando uma torção, o que acaba gerando um grande desconforto, que é acompanhado de dores e da limitação temporária de alguns movimentos.

Causas

Essa condição tem como principal causa a postura inadequada, especialmente durante o sono, muitas vezes pelo fato da pessoa utilizar um travesseiro inadequado para ela.

No entanto, a torção também pode ser causada pela prática incorreta de alguns exercícios físicos, dirigir por um longo período de tempo ou pela má postura ao sentar em frente ao computador, muitas vezes pelo fato da tela estar muito acima ou abaixo da linha dos olhos.

Essa lesão também pode se identificar como um sintoma de outros problemas médicos. como por exemplo o hipertireoidismo. Há casos também, em que a pessoa já nasce com esse quadro, sem uma causa específica.

Sintomas

Dentre os sintomas do torcicolo, podemos destacar:

  • Dor no pescoço ou na cabeça;
  • Enrijecimento do músculo do pescoço;
  • Ombros desalinhados;
  • Limitação de alguns movimentos da cabeça;
  • Inchaço no pescoço.

Tipos de torcicolo

O torcicolo pode ser classificado em diferentes tipos, os principais são:

Torcicolo congênito

Esse tipo normalmente acomete bebês recém-nascidos, e ocorre quando há o encurtamento do músculo responsável pelo movimento de inclinação e rotação da cabeça, localizado na parte lateral do pescoço.

Torcicolo espasmódico

Também chamado de espástico ou intermitente, esse tipo é considerado o mais comum. Basicamente, alguns fatores como tensão emocional, ficar muito tempo parado na mesma posição e sobrecargas físicas causam uma hipertonicidade muscular na região da cervical.

Torcicolo dermatogênico

Ocorre quando a presença de algumas lesões na pele interferem nos movimentos do pescoço, gerando uma limitação.

Normalmente, acomete pessoas que sofreram queimaduras próximas a região da cervical e que ainda estão em fase de cicatrização.

Torcicolo neurogênico

Seu surgimento se dá por meio da ocorrência de algum tipo de distúrbio ou acidente cerebral, como por exemplo, AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou traumatismo craniano.

Torcicolo vestibular ou labiríntico

Diferentemente dos outros tipos, essa condição não apresenta relação com o músculo do pescoço, mas sim com o labirinto, que é uma estrutura localizada dentro do ouvido, responsável pelo equilíbrio corporal.

Dessa forma, o endurecimento do pescoço ocorre devido a um problema no labirinto, fazendo com que o indivíduo tente gerar um equilíbrio movimentando a cabeça para algum lado específico.

Torcicolo ocular

Ocorre devido a paralisação dos músculos extra oculares, como o oblíquo, por exemplo. 

Torcicolo reumatológico

Acontece quando os músculos do pescoço são afetados por algum tipo de doença reumatológica.

Torcicolo espúrio

É causado pela ocorrência de fraturas ou degenerações nas vértebras cervicais.

Tratamento

A forma mais eficaz de tratar o torcicolo é relaxando o músculo do pescoço, isso pode ser feito por meio da utilização de medicamentos, fisioterapia, exercícios de alongamento, e em alguns casos mais complexos através de cirurgia.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como médico e quiropata em Guarapuava

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp