espasmo muscular

Você sabe o que é o espasmo muscular na coluna?

As dores e problemas que afetam a coluna são muito comuns e acontecem com milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Uma das causas mais evidentes dessas dores nas costas e pescoço é o espasmo muscular na coluna.

Seja por lesões, postura inadequada, excesso de peso ou atividades físicas intensas, os espasmos na musculatura estabilizadora da coluna provocam dores agudas. Sendo assim, é um problema que deve ser tratado com toda atenção.

Neste post você vai saber o que é o espasmo muscular na coluna e o que fazer para procurar o tratamento adequado e evitar complicações. Continue a leitura e veja informações relevantes para cuidar melhor do seu bem-estar!

Afinal, o que é o espasmo muscular na coluna?

O espasmo na musculatura da coluna é uma contração involuntária de um ou mais músculos na coluna vertebral. É um mecanismo natural de resposta do organismo a algum problema que afetou os nervos e músculos.

Geralmente, o espasmo muscular é acompanhado de uma dor intensa, que dependendo da situação, pode acometer a costas e o pescoço. Os espasmos sinalizam lesões ou inflamações, por isso, é essencial contar com a avaliação de um médico.

Quais são as causas?

Diversos fatores podem causar o espasmo muscular na coluna e mesmo que sejam menos intensos, é fundamental investigar e identificar as causas reais. As principais causas do espasmo na musculatura estabilizadora da coluna são:

  • sedentarismo;
  • má postura;
  • executar exercícios físicos de forma inadequada;
  • fraqueza no quadril;
  • excesso de esforço;
  • impactos fortes;
  • traumas;
  • infecções.

Quais os sintomas?

Os sintomas mais nítidos do espasmo muscular na coluna é a dor aguda nas costas ou no pescoço, acompanhado de movimentos involuntários na região afetada. Os ciclos do espasmo podem durar alguns instantes, ou permanecer por minutos.

A dor e a rigidez no local onde o espasmo acontece surge subitamente após a lesão ou inflamação nos tecidos dos músculos. Sendo assim, a lombalgia, ou seja, dor nas costas, pode se estender para as nádegas, bacia e parte posterior das pernas.

Como o espasmo muscular na coluna pode ser tratado?

Quando o espasmo muscular na coluna não é tratado, é capaz de provocar perda da flexibilidade e a limitação funcional, comprometendo a qualidade de vida do indivíduo. Contudo, é preciso ter atenção aos sinais, que servem como um alerta para que você procure um médico para ser avaliado.

Os tratamentos para o espasmo muscular na coluna variam de acordo com a intensidade e características do quadro do paciente. No entanto, o médico pode indicar o uso de medicamentos analgésicos anti-inflamatórios, terapias, fisioterapias e massagens.

A quiropraxia também é uma forma de prevenção e tratamento dos espasmos musculares na coluna, pois tem o objetivo de tratar dores nas costas por meio do ajuste manual dos desalinhamentos na coluna vertebral, promovendo ótimos resultados.

Atuar preventivamente é muito importante para evitar danos a coluna. Para tanto, você pode manter uma rotina de atividades físicas, fazer alongamentos diariamente e consultar o médico para ter indicações precisas para a saúde, principalmente se está sentindo algum sintoma.

Como você percebeu, o espasmo muscular na coluna é um problema sério que pode colocar o seu bem-estar em risco. Portanto, não deixe de adotar hábitos saudáveis e consultar o médico para ter o diagnóstico e tratamentos adequados.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como médico e quiropata em Guarapuava

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp